Background

Bom, vou tomar uma iniciativa com o intuito de melhorar a experiência de rp e movimentar a comunidade, apesar de a do James Roland não ter dado muito certo.

Dever de Casa 2:

Bolar um conto, uma história interessante da vida de seu personagem que ele contaria pra seus companheiros de estrada em uma taverna, acampamento, ou até na escuridão de uma sala gélida da Tumba do Guerreiro Labardén. Essa idéia visa aprofundar o conhecimento sobre os personagens dos outros jogadores, e até do seu próprio à medida que você se esforça pra desenvolver seu background. O formato: um conto de uma história, serve pra ambientar e facilitar a imersão, vai ser mais interessante pra outro jogador ler dessa forma, e ter apenas algumas, mas não todas, informações sobre a história dos outros personagens.

Entra aí a criatividade de cada um, se deseja escrever em 1a ou 3a pessoa; se vai adotar um estilo narrativo mais simplista, ou mais dramático; se o texto seria o próprio personagem contando a história, se inclui em que contexto, a reação dos outros personagens, se seria a narrativa uma recordação apenas, enfim… o importante é que os outros personagens possam saber da história (apesar de a maturidade de jogo permitir que vcs jogadores saibam de conteúdo além do sabido pelos personagens, acho que é melhor, mais agradável até, cada um saber apenas o que o personagem saber sobre cada outro personagem, para manter até um certo mistério).

Então, pontos que devem ser levados em conta:

  • A história deve ser parte importante do background do PJ;
  • Os outros PJs podem saber a história, e presume-se que vão saber, já que supostamente vc está contando pra eles
  • O formato e estilo são livres

É, Mendes, precisamos de uma boa história pra vc jogar com um gnomo paladino

Obviamente que fazer este ”dever” não é obrigatório, mas essas diretrizes visam apenas melhorar o rp e a experiência de jogo, por isso recomendo fortemente. Tenho certeza que a criatividade de vcs vai surpreender a todos.

Obs1: Dentro do limite de tempo de cada um, vamos tentar isso, pois tem personagem do qual eu não sei quase nada de background (Taumurid), ou que eu tenho informações erradas (Tilis, orfanato). Tem gente que não se liga muito em background, mas acho que vale o esforço.

Obs2: Poldo, gostei muito do seu background, mas tem algumas coisas que são papel do mestre, e aí acho que ficam legais como sugestão pra eu usar. Então vou te mandar o background revisto, com o máximo de coisa que eu puder deixar sem causar conflito com a história, tá?

Segue um exemplo, que aliás me deu a idéia, na forma do background que o Kroll me mandou sobre Beorn Bearmantle (com a ressalva de que ele fez em forma de diário, e foge um pouco do propósito inicial pois os PJs pelo menos por enquanto não encontraram esse diário. Mas a idéia foi muito boa e merece ser dividida!):

” [ Retirado de um diário encontrado nas praias da Costa da Espada, assinado por “ Beorn Bearmantle, ex-líder da tribo dos ursos do norte. “ ]

[As transcrições se iniciam a partir do décimo dia de viagem. As anotações anteriores eram ilegiveis.]

Os bárbaros 4.0 são cultos!

10º Dia:

Já faz uma semana que deixamos a aldeia. Começo a acreditar que esse suposto continente não passa de uma lenda; uma lenda que meu avô contava antes de botar seus netos para dormirem. Vovô Zearn era o líder da aldeia. Viviamos passificamente em uma região montanhosa, onde a neve predominava a maior parte do ano. A região era controlada por 4 tribos: Urso, Tigre, Lobo e Cobra. A minha, como deixa claro meu nome, era a tribo do Urso. Nossa maior preocupação , até a chegada dos Dias Negros, eram com o clima e colheita. Foram épocas …. dificuldade […] até poucos sobreviverem […] muita fome […] e , quando o fim se aproxima, ele vem rápido.

Durante 17 anos eu fui o líder da Tribo do Urso, e 4 desses anos foram durante os Dias Negros. E foram os piores. Criaturas estranhas que não estávamos acostumados a ver apareceram de lugares desconhecidos. Os shamans diziam que era o fim. Outros diziam que essas criaturas vinham do Grande Continente. E foi para encontrar este grande continente que eu e mais 8 irmãos saímos da Tribo. Para buscar ajuda, ou encontrar a origem deste mal.

[…] págias ilegiveis […]

16º Dia:

Presenciei um mau presságio esta tarde, enquanto velejavamos. Um pássaro mergulhou para pegar sua presa mas não retornou a superfície. Que o Deus dos mares, seja ele qual for nessa região estranha, tenha piedade de nós. Oferecemos um de nossos cavalos ao mar, como sacrifício, na esperança de acalmar os Deuses. Não parece ter surtido grande efeito. O mar se agita a cada dia mais e sua fúria parece querer nos engolir. [… ]

[ Fim do diário de Beron Bearmantle ]”

Mandem bala!

Prox. Encontro – XP e Itens

Hey brotos,

Feliz Ano Novo pra todos em 1 lugar.

Bom, o David ia dar uma ligada para todos (do grupo) pra marcarmos o prox. encontro. Agora que voltei de viagem, vamo aproveitar as férias rpgisticamente! Então por favor manifestem aqui que dia podem jogar, ou confirmem caso já esteja definido. Para esse grupo, vamos usar os dias de semana, não fds, já que outros grupos tem mais dificuldade fora de fds nessas férias.

Preciso que entrem hoje à noite pra ficarem a par do ”dever-de-casa”, e para eu ter tempo de preparar a aventura de acordo com o dia que formos jogar.

O xp da última aventura foi de 600! Atualizem os PJs

Dever de Casa do Post: Listar TODOS os seus itens! Além dos mágicos, possíveis itens peculiares que o personagem por ventura carregue. Preciso disso se possível pro prox. encontro, para amenizar a desigualdade que existe hoje entre os personagens, e aproveito pra incentivar a criatividade quanto aos pertences dos pjs.

Acho que to devendo tesouro pra vcs... Assim tá bom?

Acho que to devendo tesouro pra vcs... Assim tá bom?

Postem nos comentários msm.

Já vem outro post.

Novo Encontro

Depois de dois anos vamos tentar reativar o grupo no qual o Diogo mestra e temos por jogadores: David, Marquinho, Rafa, Zé e Leopoldo.

Jogadores convocados para o dia 14/12 às 17h no Diogo’s Lair.

Ps.: Flávio, confirma o Marquinho e Zé, confirma o Rafa.